10 fatos trágicos sobre os problemas mentais de Nikola Tesla

Nikola Tesla foi uma das maiores mentes do mundo. Ele desenvolveu o sistema conhecido como “Bobina de Tesla”, e também fez grandes avanços nos primórdios das conexões sem fios.

Essa mente brilhante, no entanto, era atormentada por problemas mentais. Por muitos, Tesla era considerado excêntrico, mas isso não explica nem a metade dos problemas. Tesla era, em poucas palavras, um homem atormentado pela sua própria mente.

Nessa lista, confira 10 histórias trágicas sobre a sua saúde mental.

10 – Ele tinha um histórico familiar de doenças mentais

doenc%cc%a7a-mental

Tesla nasceu em uma família repleta de instabilidade mental, seu pai e seu irmão eram doentes. Seu pai costumava falar sozinho, argumentando de forma furiosa, mudando o tom de voz e agindo como se tivesse várias pessoas vivendo dentro dele. Já seu irmão, sofria de alucinações, mas sua vida foi de curta duração. Cerca vez, o pai de Tesla foi atacado por lobos, e o cavalo da família fugiu correndo para casa, onde estavam os dois irmãos. Foi quando ele assistiu seu irmão ser pisoteado de forma fatal pelo cavalo.

9 – Ele sofria de alucinações

alucinac%cc%a7o%cc%83es

Pouco tempo de ver seu irmão morrer, Tesla começou a ter alucinações. Ele via flashes espontâneos de luzes ofuscantes. Quando alguém mencionava um objeto, ele aparecia na frente dos olhos de Tesla de forma tão vívida que ele não sabia se era real ou não. Ele costumava ficar frustrado durante as conversas, distraído pela luta para dizer se o que estava vendo era ou não real. Os problemas só pioraram conforme sua vida foi passando.

8 – Ele dizia receber mensagens de alienígenas

aliens

Certa vez, enquanto testava um aparelho, Tesla recebeu um sinal estranho vindo do espaço. Parecia ser um padrão repetitivo, como se alguém estivesse contando, e ele estava convencido de que o sinal estava viajando de Vênus para Marte.

Tesla escreveu que foi o primeiro a escutar uma saudação de um planeta para outro, chegando a enviar uma mensagem para a Cruz Vermelha dizendo que tinha recebido uma mensagem de um outro planeta, e que ela dizia: “Um, dois, três”.

Obviamente, sua afirmação foi recebida com muitas controvérsias. Alguns acreditavam que o cientista havia se tornado completamente maluco. Anos depois, no entanto, foi descoberto que ele realmente havia recebido sinais do espaço – mas não de alienígenas. Tratava-se apenas de uma tempestade em Júpiter.

7 – Ele nunca dormia por mais de duas horas

duas-horas

Tesla afirmava nunca dormir mais que duas horas por dia, e reza a lenda que certa vez ele trabalhou por 84 horas consecutivas sem nenhum segundo de descanso. Ele normalmente ficava acordado durante toda a noite em seu laboratório, realizando experimentos e fazendo sons que acordavam a vizinhança. Isso fez com que a polícia recebesse várias reclamações sobre Tesla.

Alguns de seus assistentes, no entanto, dizem que o cientista fazia uma série de cochilos durante o dia, além do fato de que muitas vezes ele simplesmente desmaiva no meio do trabalho, literalmente caindo de sono.

6 – Ele tinha Transtorno Obsessivo Compulsivo

transtorno

Tesla tinha alguns hábitos estranhos, e eles só pioraram conforme o tempo foi passando. Ele tinha uma série de rituais.

Antes de comer, ele costumava calcular o volume exato do seu jantar. Ele afirmava que esse era um ritual que realizava desde criança, e não conseguia se livrar. Ele também colocava exatamente 18 guardanapos do seu lado antes de começar a comer. E tinham que ser exatamente 18.

Veja a continuação na página a seguir clicando no menu abaixo:

Fundador e dono de todos os projetos da Climatologia Geográfica e Novo Cientista e redator/social media nos dois sites. Adoro viajar pelo mundo e desfrutar da natureza. Adicionem o perfil pessoal: https://www.facebook.com/IsaiasMarquesJunior

Comentários