7 truques que parecem quebrar as leis da ciência

Ciência pode ser algo muito divertido. Ela fornece um sentido de ordem ao universo ao trazer explicações para os diversos fenômenos.

Mas as vezes, ela (ou os nossos sentidos) parecem brincar com a gente, dando a falsa impressão de que coisas impossíveis estão acontecendo.

Reunimos 7 truques que parecem desafiar as leis descobertas pela ciência.

Espiral de água “congelada”

A impressão que temos é de que a água está congelada em espirais, mas na verdade o tubo de saída está ligado a alto falantes que fazem o tubo vibrar na mesma taxa em que a câmera grava as imagens.

Chama à distância

Neste GIF, a chama parece viajar do esqueiro até o pavio da vela. Isso acontece porque ao acender uma vela, o calor da chama evapora a cera. Já quando ela é soprada, a cera vaporizada paira no ar. Ao aplicar uma fonte de calor antes que o vapor se dissipe, a vela reacende.

Tornado de fogo

Tudo o que é preciso para produzir um tornado de fogo é um toca discos, alguns cotonetes embebidos em álcool e um recipiente para contê-lo. Ao incendiar os cotonetes na plataforma giratória em movimento, as chamas sobem e formam um espiral de fogo.

Fogo na mão

Incendiar a própria mão pode parecer algo não muito intuitivo. Mas neste GIF, a pessoa revestiu a mão em uma mistura de detergente líquido, gás butano e água. Como o gás tem uma pressão elevada, apenas ele queima quando a mistura entra em contato com o fogo, deixando a mão intacta.

Vela oscilante

Este truque é bem simples: uma vela que está equilibrada entre 2 copos pode começar a oscilar ao ser acesa nas duas extremidades.

Isso acontece porque a massa da cera derretida escorre para o outro lado, e a transferência de massa faz com que a vela fique balançando para frente e para trás.

Bola descendo rampa em câmera lenta

Para isso é preciso uma esfera de algum material pesado, um líquido viscoso (como mel) e um recipiente esférico vazio.

A esfera pesada é colocada no recipiente vazio e o mesmo é completado até a metade com o mel. A espessura do mel atrapalha o aumento de velocidade da esfera pesada, fazendo com que o recipiente se mova devagar.

Poça de água fluindo para dentro de um copo

Este efeito é produzido quando uma vela acesa é colocada dentro de um prato com água, e em seguida a chama é coberta por um copo.

O que acontece é que a chama eleva a temperatura dos gases dentro do vidro, empurrando-os para fora, contra o líquido. Conforme a pressão diminui, a temperatura cai novamente e a água flui para dentro do copo.

20 anos, estudante de Engenharia de energia (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), desde sempre interessado por ciência, filosofia e literatura. Colaborador da CG desde 2013.

Comentários