Alerta: Nova tempestade geomagnética deve atingir a Terra

Na última quarta-feira uma grande tempestade solar enlouqueceu os sistemas aeronáuticos da Suécia, deixando todos os aviões “as cegas”, obrigando aos países atingidos a fecharem o espaço aéreo por um determinado tempo. O que acontece, é que o NOAA expediu um novo alerta para essa sexta e principalmente para o sábado: uma explosão solar que terá efeitos similares aos observados na Suécia, no entanto, será observada uma menor intensidade.

Créditos: NASA

A explosão, de classe de raios-X M3, ocorreu no dia 4 de novembro e provocou grande ejeção de massa coronal (CME) das vizinhanças da mancha solar AR2443, que estava voltada para a Terra. Como consequência, bilhões de toneladas de plasma altamente carregado foi arremessado ao espaço e deverá atingir nosso planeta no dia 7, sábado pela manhã, com efeitos que deverão durar pelo menos 24 horas. Diferente das tempestades geomagnéticas provocadas por buracos coronais, que elevam a velocidade do vento solar durante dias, as tormentas oriundas de ejeções de massa coronal são mais rápidas, a não ser sejam muito intensas. Apolo 11

Dados obtidos diretamente do site Apolo 11

De acordo com o SWPC, Centro de Previsão de Clima Espacial, dos EUA, a tempestade poderá causar pequenas flutuações nas redes de distribuição de energia elétrica em localidades de latitudes elevadas do hemisfério norte, além de possíveis anomalias em equipamentos a bordo de satélites. As partículas provenientes do Sol são bloqueadas na alta atmosfera e desviadas em direção aos polos. Dessa forma, auroras deverão se formar acima do paralelo 50, para alegria dos habitantes dessas regiões.

APOLO 11

Fundador e dono de todos os projetos da Climatologia Geográfica e Novo Cientista e redator/social media nos dois sites. Adoro viajar pelo mundo e desfrutar da natureza. Adicionem o perfil pessoal: https://www.facebook.com/IsaiasMarquesJunior

Comentários