Missão espacial para Vênus pode contar com cooperação entre Rússia e EUA

A missão Venera-D é a tentativa russa de lançar uma sonda a Vênus. E, de acordo com uma notícia do portal Izvestia, a NASA tem demonstrado interesse em participar dessa missão.

Durante a última visita a Moscou da Vice-Diretora da NASA, Dava Newman, a agência espacial norte-americana confirmou seu interesse na missão e sua disponibilidade para cooperar com a Rússia. Também foi dito que o grupo de especialistas norte-americanos e russos trabalhariam em cooperação nesta missão durante 2 anos e, embora eles ainda não tenham chegado a qualquer acordo formal, os cientistas de ambos os países já desenvolveram uma série de cenários de voo de uma sonda.

A missão Venera-D está prevista para o final de 2026, segundo os cientistas. Mas essa é apenas uma data preliminar para o início da missão, já que as questões de financiamento ainda não foram resolvidas.

Os EUA não é o único país que manifestou interesse na missão, disse a fonte. A China e países europeus também estão dispostos a cooperar e assumir a responsabilidade no novo programa de exploração de Vênus, o que aumentaria o nível técnico dos preparativos, facilitaria o financiamento da missão, o que significa que é um projeto espacial em escala internacional.

Curioso, gamer e acha que entende alguma coisa de marketing digital, tanto que tem um blog sobre o tema.

Comentários