Nova espécie descoberta tem 4 pênis, 414 pernas e nenhum olho

Illacme tobini é uma espécie que precisa no mínimo de uma introdução: ele tem 414 pernas, 200 glândulas de veneno, 4 pênis e nenhum olho.

Este milípede foi recentemente descoberto no Sequoia National Park, ao sul das montanhas de Sierra Nevada, na Califórnia. Ele foi descrito em um estudo apresentado na revista ZooKeys.

A descrição veio a partir de um único indivíduo do sexo masculino. Como mencionado, a anatomia masculina é um tanto peculiar. O animal possui 4 pênis, que também são pernas modificadas no nono e décimo par.

Bill Shear e Paul Marek, biólogos responsáveis pela descoberta, também observaram um “primo evolucionário” do animal – o Illacme plenipes -, que tem 750 pernas.

“Eu nuca teria esperado encontrar as duas espécies de animais com mais pernas no mundo em uma caverna há 240 km de distância”, disse Paul Marek.

O comunicado observou que a descoberta da dupla reforça a ideia de que ao explorar nosso mundo e documentar sua biodiversidade, podemos impedir extinções anônimas, um processo em que uma espécie some antes de sabermos seu papel no ecossistema ou potencial benefício para a humanidade.

Nono e décimo par de pernas, que também funcionam como pênis.

Nono e décimo par de pernas, que também funcionam como pênis.

20 anos, estudante de Engenharia de energia (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), desde sempre interessado por ciência, filosofia e literatura. Colaborador da CG desde 2013.

Comentários