Artigos científicos, notícias e muito mais.

19 imagens de partir o coração que mostram o porque de o Zika estar causando uma das maiores crises de saúde pública da história do Brasil

Os Centros de Controle de Doenças (CDC) recomendam que as mulheres grávidas não viajem para países que têm relatado casos do vírus Zika, uma doença transmitida por mosquitos e que é intratável. O vírus Zika foi recentemente ligado a uma desordem neurológica que provoca o nascimento de bebés com pequenos crânios e desenvolvimento do cérebro limitado, uma condição chamada microcefalia. Em 2014, houve 146 casos de microcefalia no Brasil. Em 2015, a taxa de bebês nascidos com microcefalia cresceu cerca de 20 vezes além da taxa normal.

Desde que houve o surto do vírus Zika, em abril de 2015, houveram cerca de 4.000 casos em recém-nascidos de mulheres que foram infectadas durante a gravidez. O vírus Zika é transmitido através da picada do mosquito Aedes aegypti, os sintomas – que incluem uma febre baixa, pequenas erupções cutâneas, dores nas articulações e olhos vermelhos – são relativamente leves, e é por isso que o surto não causou muita alarme quando começou no início do ano passado.

Estas são as imagens chocantes do defeito de nascença causada pelo vírus Zika:

Até agora, não há nenhum tratamento disponível para o vírus Zika, e é por isso que o CDC está incitando que as mulheres grávidas a evitem viajar para países onde o vírus está se espalhando em força. Os laboratórios estão atualmente fazendo estudos para encontrar mais respostas.

1

O mosquito Aedes aegypti, portador do vírus Zika, pode ser encontrado em 23 países da América do Sul e América Central, bem como algumas partes dos EUA, como na Flórida.

2

O surto começou aqui no Brasil. O país registrou seu primeiro caso do vírus Zika em abril de 2015 e, desde então, registrou o maior número de casos.

3

No dia 26 de janeiro, o Governo Federal começou a pulverizar inseticida em torno das cidades para matar o mosquito Aedes aegypti.

4

Soldados e agentes de saúde estão indo as casas para fazerem operações de limpeza e verificar prováveis focos do mosquito Aedes aegypti. Em 13 de fevereiro, o governo do Brasil implantará 220.000 soldados para espalharem e conscientizarem a população sobre o vírus Zika e as formas de evitá-lo.

5

O vírus apareceu nos EUA, mas apenas com os viajantes que retornam das áreas onde o vírus Zika foi observado. Houve um caso, no Havaí, e duas mulheres estavam diagnosticadas como positivas para o vírus em Illinois.

6

Alguns países, como o Brasil e El Salvador, estão recomendando que as mulheres evitem engravidar até que um tratamento seja encontrado.

7

A microcefalia, doença neurológica que foi recentemente associada com o vírus Zika, pode causar graves problemas de desenvolvimento e até mesmo resultar em morte.

8

Desde que surto no Brasil começou, mais de 46 bebês morreram de microcefalia ligada ao vírus.

9

O vírus afeta recém-nascidos quando passa através do líquido amniótico no útero, enquanto os bebês ainda estão crescendo.

10

O vírus Zika é transmitido principalmente pela picada do mosquito Aedes, mas tem havido relatos de possível transmissão por transfusão de sangue e contato sexual.

Continue para a próxima página

11

O surto no Brasil está provocando uma das maiores crises de saúde pública da história do País.

12

A microcefalia não é apenas um crânio pequeno – mas também o subdesenvolvimento do cérebro, tornando o organismo incapaz de funcionar adequadamente.

13

Com o envelhecimento das crianças com microcefalia, no pior dos casos, elas serão tanto mentalmente como fisicamente deficientes.

14

Até os bebês que não poucos afetados pela doença podem sofrer com uma deficiência psicomotora, o que pode causar raciocínio lento, problemas de fala e movimento.

15

A microcefalia pode ser diagnosticada enquanto a mãe ainda está carregando o bebê – durante seu segundo ou terceiro trimestre – ou após o nascimento.

16

Como não há tratamento ou vacina, no entanto, a única maneira de evitar o vírus Zika é combater o mosquito transmissor, não deixando água parada. Uso de repelentes e telas nas janelas e portas pra evitar a entrada do Aedes.

17

Se você está grávida e desenvolver erupção cutânea, febre, dores articulares, dentro de duas semanas, consulte seu médico.

18 19

Comentários
Carregando...