Assustador: Ouça as primeiras gravações da Fossa das Marianas

Os cientistas divulgaram as primeiras gravações de áudio gravadas a partir do ponto mais profundo na superfície da Terra, a Fossa das Marianas. Repleto de gemidos estranhos, baixos ruídos, e algum som agudo ocasional, este lugar assustador se encontra a 10,9 km abaixo do peso esmagador do Oceano Pacífico. Sabemos muito pouco sobre o que se passa por lá, e devido a enorme pressão exercida pelo mar, poucos equipamentos conseguem atingir a profundidade enorme.

Mas Robert Dziak, oceanógrafo com da National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA), percebeu que havia uma maneira de explorar esse local por um longo período de tempo, e ainda poderíamos ser capazes de escutar o que tem por lá. Dessa forma, a equipe revestiu de titânio, um hidrofone que conseguiu gravar durante 23 dias seguidos.

Abaixo estão alguns dos sons estranhos que foram encontrados, incluindo chamadas de baleias e terremotos. Confira:

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/249898489″ params=”color=ff5500″ width=”100%” height=”166″ iframe=”true” /]

Em uma das gravações você pode ouvir claramente a hélice de um barco que viaja através da superfície do oceano, e em outro dia os pesquisadores capturaram o ronco frequente de abalos sísmicos. “Fiquei surpreso com a qualidade que gravamos as baleias, navios e todos os tipos de atividade que ocorre”, disse Dziak.

Ouça o que parece um barco passando a 10,9 km sobre o hidrofone:

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/249898493″ params=”color=ff5500″ width=”100%” height=”166″ iframe=”true” /]

Ouça agora um terremoto de magnitude 5 em 16 de Julho de 2015:

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/249898487″ params=”color=ff5500″ width=”100%” height=”166″ iframe=”true” /]

Os pesquisadores querem determinar, se no futuro, o ruído humano no oceano está ficando mais alto, e começar a avaliar como isso pode afetar os animais marinhos que utilizam o som para se comunicar. [ScienceAlert]

Você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...