Artigos científicos, notícias e muito mais.

Está acontecendo uma perda maciça de elefantes da savana africana

Os elefantes da savana africana tem sido dizimados na última década, com uma queda anual de 8 por cento, devido principalmente a caça furtiva e o comércio de marfim.

Esta é a conclusão do  Grande Censo Elefante (GEC), realizado por 2 anos com um investimento de 8 milhões, liderado pela entidade conservacionista Elefantes Sem Fronteiras (EWB).

A pesquisa mostra a evolução das populações de elefantes da savana em 18 países, e afirma que o número total destes animais foi reduzido em 30 por cento, ou 144.000 animais entre 2007 e 2014.

O bilionário e filantropo Paul G. Allen e sua irmã Jody Allen são os principais patrocinadores do censo.

O trabalho de contagem foi realizado com diversos investigadores de elefantes, agências governamentais de vida silvestre e grupos de conservação, que realizaram reconhecimentos aéreos com pequenos aviões e helicópteros para contar as manadas de elefantes através das savanas africanas. [Europa Press]

Comentários
Carregando...