Artigos científicos, notícias e muito mais.

Frio extremo na América do Norte faz zoológico canadense abrigar seus pinguins

Com informações de Science Alert.

O clima extremamente frio na América do Norte obrigou um zoológico do Canadá a tomar medidas pouco convencionais para proteger seus animais. O Calgary Zoo, preocupado com a saúde de seus pinguins (que naturalmente são resistentes ao frio), precisou tirá-los do ar livre e levá-los para dentro. Mesmo sendo animais acostumados com o frio, as temperaturas extremas poderiam ser prejudiciais a eles.

Temperaturas de -25ºC estão se tornando normais no zoológico durante essa época do ano, e durante o Ano Novo a média ficou em -28ºC. “Nós simplesmente não queremos expor demais esses animais. Para mantê-los em segurança, decidimos traçar um limite de temperatura”, disse Malu Celli, curadora do zoológico, em entrevista ao Globe and Mail.

O pinguim-real, espécie exposta no zoológico em questão, é uma ave sub-antártica, que vive não apenas no continente congelado, como outras espécies. Ele também vive nas ilhas de temperaturas mais moderadas, um pouco mais ao norte, preferindo ilhas livres de neve e gelo. Ainda que eles naturalmente sejam resistentes ao frio, não conseguem aguentar uma temperatura assim tão baixa sem sofrer problemas.

Os pinguins do Calgary Zoo passam a maior parte do tempo ao ar livre, como gostam de estar, mas precisam ser levados para dentro por um período de tempo para ficarem em segurança durante os momentos mais frios.

A boa notícia, no entanto, é que as temperaturas pouco a pouco estão aumentando na região, e no momento os pinguins já podem permanecer mais tempo ao ar livre novamente.

Comentários
Carregando...