Quadrado de pedra é descoberto abaixo de monumento do neolítico na Inglaterra

Escondidos sob o maior círculo de pedras pré-históricas do mundo, arqueólogos ingleses descobriram um monumento megalítico ainda mais antigo, mas em forma de quadrado.

“Nossa pesquisa revelou megalitos anteriormente desconhecidos no mundialmente famoso círculo de pedra de Avebury. Detectamos e mapeamos uma série de pedras pré-históricas que foram posteriormente escondidas e enterradas, juntamente com as posições de outras, provavelmente destruídas nos séculos XVII e XVIII”, afirmou Mark Gillings, da Universidade de Leicester, em um comunicado. “Juntos, estes revelam um monumento megalítico quadrado aparentemente único dentro do círculo de Avebury e que tem potencial para ser uma das primeiras estruturas neste local”.

As novas descobertas são notáveis para um local tão antigo, que tem sido estudado por arqueólogos desde o século XVI. O sítio de Avebury, no sudoeste da Inglaterra, é um dos monumentos mais misteriosos do país. O monumento neolítico foi construído em grande parte entre 4.850 e 4.200 anos atrás, de acordo com a English Heritage. Juntamente com Stonehenge, Silbury Hill e Windmill Hill, os novos monumentos podem ter formado uma vasta paisagem sagrada que as pessoas usaram para rituais e encontros comunitários cujo propósito permanece um mistério.

O sítio de Avebury consiste em um enorme fosso circular e aterros de 1.000 metros de comprimento, além de um círculo de pedra interior, que já foi composto de quase 100 pedregulhos maciços e verticais e dois círculos de pedra menores no interior.

Em 1939, o arqueólogo amador Alexander Keiller notou que algumas das pedras no círculo interno pareciam angulares em seu alinhamento. Ele acreditava que a fraca sugestão de um quadrado poderia ser o resquício de um galpão medieval. A Segunda Guerra Mundial logo estourou, e Keiller não pôde continuar suas pesquisas arqueológicas.

No estudo atual, Gillings usou uma técnica chamada que mapeia a resistência da Terra às ondas sonoras. Ele encontrou várias características interessantes: uma série de objetos de alta resistência (pedras enterradas), bem como manchas de resistência mais baixas (possivelmente pedras mais profundamente enterradas ou detritos de construção), juntamente com áreas de baixa resistência (provavelmente poços de destruição). A orientação dessas pedras enterradas forma um quadrado, relatou Gillings no estudo, que ainda não foi submetido à avaliação por pares.

Descobriu-se que o ajuste angular de pedras que Keiller descobriu formou um quadrado de pedra que encerrava uma característica circular conhecida como obelisco. Enquanto os monumentos circulares do período neolítico tardio são comuns, os monumentos quadrados eram relativamente raros.

As descobertas podem explicar o motivo pelo qual o monumento de Avebury foi construído – uma possibilidade é que o quadrado demarque os limites de uma primeira casa ou assentamento na área, que foi então usado como centro do círculo interno, os pesquisadores especulam no estudo.

Traduzido e adaptado de LiveScience.

Você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...